MT vai bater recorde na produção


Agronegócio

MT vai bater recorde na produção

Por: -Admin
1 acessos

Mato Grosso deve colher este ano uma safra recorde de soja - 13.697 milhões de toneladas - número que coloca o estado como a maior região produtora de soja do Brasil e do mundo, superando o Estado de Iowa (EUA), que deve colher 13,5 milhões de toneladas nesta safra. Outro recorde de Mato Grosso está na produtividade, que deve chegar a 3.174 kg/ha contra 3.020 kg/ha obtidos no ano passado.

Os números foram levantados pela Expedição Soja 2003, que percorreu 20 cidades em oito estados brasileiros, do Rio Grande do Sul a Mato Grosso, no período de 05 a 12 de fevereiro, reunindo 3.000 produtores rurais. A experiência é inédita no Brasil e foi realizada por uma equipe de técnicos, jornalistas e analistas de mercado sob a coordenação da Fundação Mato Grosso e da Agência Rural.

O analista de mercado da Agência Rural, Fernando Muraro, relata que viu uma perspectiva de boa safra na região Sul do Brasil, que deve registrar um aumento de 30% na produtividade da soja, atingindo 2.394 kg, contra 1.700 kg por hectare na safra passada, quando a produção foi prejudicada pela seca.

No Sudeste, a situação é mais complicada em decorrência do atraso do plantio (começou em novembro) e da instabilidade climática, com muita seca no início da lavoura e excesso de chuvas em janeiro.

Na Bahia, os membros da Expedição Soja confirmaram as expectativas positivas de uma boa colheita depois do desastre registrado naquele estado na safra passada, quando o excesso de chuvas resultou na produção de apenas 32 sacas por hectare. Este ano, a previsão é de 45 sacas.

"Em Goiás, o que vimos são muitos investimentos em tecnologia de produção", diz Muraro, que atribui o fato à valorização da soja no mercado internacional. Mas o destaque maior, segundo Muraro, é Mato Grosso. "Aqui, o produtor deve colher, em média, 53 sacas por hectare. Isso é uma maravilha", avalia.

No final da Expedição Soja, os técnicos avaliam que a safra brasileira 2002/2003 deve chegar ao recorde absoluto tanto em área como em produtividade e, por consequência, de produção.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink