No Maranhão, boi gordo valoriza menos que animais de reposição em um mês
CI
Agronegócio

No Maranhão, boi gordo valoriza menos que animais de reposição em um mês

Oferta de animais é limitada, o que sustenta as valorizações
Por:
Os negócios no mercado de reposição ganharam força no Maranhão. O bom volume de precipitações e a melhor situação das pastagens no estado têm motivado os pecuaristas a adquirir os animais.

Enquanto isso, a oferta de animais é limitada, o que sustenta as valorizações. Na comparação com o preço médio de março, considerando-se todas as categorias animais, houve alta de 4,6% nos preços.

O destaque foi o boi magro, que subiu 5,8% no período, e está cotado, atualmente, em R$1.280,00 por cabeça. Para o boi gordo, a alta foi menos expressiva em relação a março, de 1,8%, o que piorou o poder de compra do pecuarista no estado.

Atualmente é possível adquirir 1,43 boi magro com a venda de um boi gordo (16,5@) no Maranhão, frente a 1,49 em março.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink