Nova embalagem vai facilitar exportação de manga
CI
Imagem: Bruna Machado
BIODEGRADÁVEL

Nova embalagem vai facilitar exportação de manga

Solução deve ser estendida a outras frutas e se degrada em até seis meses após o descarte
Por: -Eliza Maliszewski

O projeto GestFrut, coordenado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA), desenvolveu uma nova embalagem biodegradável para facilitar a exportação de manga. A ideia é para a manga fresh-cut, aquela minimamente processada, sem casca e sem caroço. Além de sustentável a embalagem também pode agregar valor ao produto, uma vez que a tecnologia usa fibra de coco, amido de mandioca e resíduo do processamento da fruta.

O produto é composto por nanocristais de celulose que dão maior resistência à embalagem. Os pesquisadores usaram a mistura de dois polímeros, chamada de blenda polímera. A substância é totalmente biodegradável em até seis meses após o descarte e pode ser estendida para outras frutas.

A pesquisadora do Senai Bruna Machado, líder do projeto. conta que o processo de desenvolvimento da embalagem levou ainda em consideração outras questões que pautam o mercado atual, como a demanda do consumidor por uma alimentação prática e saudável e a otimização do produto para a exportação. “As frutas minimamente processadas têm um apelo muito grande para a exportação. Os contêineres vão cheios de mangas para o exterior e, chegando lá, casca e o caroço são retirados e a fruta é cortada para consumo imediato. Então por que não fazer isso no Brasil e exportar já preparado? E por que não utilizar também uma embalagem biodegradável? Foram vários problemas que nós quisemos solucionar”, destaca.

Os autores procuram parceiros do setor produtivo para concluir o desenvolvimento e levar a solução ao mercado. Em 2019 a área de manga no Brasil expandiu em 17% e foram colhidas 197 ml toneladas, com rendimento de US$ 201 milhões. As principais regiões produtoras são o Vale do São Francisco (PE), Livramento de Nossa Senhora (BA), interior de São Paulo e Norte de Minas Gerais.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink