Novo biopesticida contra Helicoverpa armigera chega ao Brasil
CI
Agronegócio

Novo biopesticida contra Helicoverpa armigera chega ao Brasil

Gemstar contém vírus que não deixa resíduos para humanos
Por: -Leonardo Gottems


A Certis acaba de anunciar o lançamento de seu biopesticida Gemstar no Brasil, prometendo o controle da Helicoverpa armigera no algodão e na soja. Para a introdução da tecnologia no País, a empresa norte-americana trabalhou em colaboração com parceiros brasileiros das empresas Bio Controle (registrante, de Indaituba/SP) e Ihara Indústrias Químicas (distribuidor, de Sorocaba/SP).


O ingrediente ativo do Gemstar é um nucleopolyhedrovirus natural que infecta as larvas. “Como o vírus é muito específico para esse tipo de hospedeiras, ele não atinge insetos benéficos, peixes, animais selvagens, animais ou seres humanos, e o seu uso não agride o meio ambiente. O Gemstar tem sido usado com sucesso por produtores em vários países ao redor do mundo para controlar a H. armigera em milho, sorgo, hortaliças e algodão”, afirma a Certis dos EUA. 


VEJA TAMBÉM: Novo feromônio para monitoramento da Helicoverpa armigera é lançado no Brasil

O mecanismo de ação é simples: as lagartas que atacarem uma cultura pulverizada com Gemstar são infectadas pela ingestão de partículas de vírus depositados sobre a planta. A larva para de comer, enquanto o vírus se multiplica rapidamente dentro dela, destruindo seus órgãos internos. Quando a Helicoverpa armigera se desintegra, libera bilhões de novas partículas virais que acabam sendo ingeridas por outras lagartas (da mesma geração ou de posteriores) na mesma área.


“A população de Helicoverpa armigera no Brasil chegou a níveis sem precedentes na agricultura daquele País”, diz Mike Dimock, Ph.D. e diretor da Certis Research EUA. “A situação, no entanto, mostra como os biopesticidas tornaram-se ferramentas importantes no manejo de pragas na atualidade. O Gemstar emprega um novo modo de ação que é altamente eficaz no controle da lagarta H. armigera. O produto pode ser utilizado na agricultura orgânica e nos programas de manejo de resistência. Por ser isento de resíduos, os produtores brasileiros poderão exportar sua colheita tratada com Gemstar a praticamente qualquer lugar do mundo”, explica.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink