Novo Procurador Chefe da PFE/Incra toma posse em Brasília

Agronegócio

Novo Procurador Chefe da PFE/Incra toma posse em Brasília

O termo de posse de Júnior Divino Fideles foi assinado pelo presidente do Incra
Por:
1194 acessos
Tomou posse nesta quinta-feira (26), às 10h, o novo procurador chefe da Procuradoria Especializada junto ao Incra (PFE/Incra), Júnior Divino Fideles. O termo de posse foi assinado pelo presidente do Incra, Celso Lisboa de Lacerda, e pelo novo procurador no gabinete da presidência da autarquia, em Brasília (DF).


Fideles foi nomeado por meio da Portaria /CC/nº 1.039, publicada no Diário Oficial da União de 25 de maio de 2011. Por meio do documento de posse, o novo procurador prestou compromisso de cumprir fielmente os deveres e atribuições do cargo, além de observar sempre o Código de Ética Profissional do Servidor Público (Lei nº 1.171, de 22/06/94).

No momento da posse, Fideles falou da expectativa em relação ao trabalho a ser realizado. “Este é um grande desafio, dadas as dificuldades de toda ordem para a efetivação da reforma agrária, mas que enfrentarei com grande prazer por entendê-la como uma política de grande importância para a erradicação da pobreza no Brasil, contribuindo para a realização da justiça social”, afirma.


Perfil
Fideles é filho de trabalhadores rurais que saíram do campo para a cidade na década de 1970, mas voltaram em 1986, quando foram assentados pelo programa da reforma agrária. No campo o procurador viveu boa parte de sua vida com a família. Seus pais residem até hoje no assentamento, há mais de 24 anos vivendo do que produzem no local.

Fez o ensino médio técnico em agropecuária e atuou profissionalmente como técnico agrícola no Projeto Lumiar, em uma parceria Incra/PNUD, prestando assistência técnica a assentamentos da reforma agrária no estado de Goiás. Iniciou a faculdade de Direito quando atuava nesse Projeto.


Depois de se formar, no ano de 2003, Fideles teve algumas experiências profissionais na área, inclusive a de advogar na defesa de movimentos sociais que lutam pela reforma agrária, até que em 2007 foi aprovado no concurso da Advocacia Geral da União (AGU), para o cargo de Procurador Federal, tomando posse já na PFE/Incra no estado do Tocantins.

Em julho de 2010 assumiu a Coordenação Geral Agrária (CGA) da Procuradoria Federal Especializada (PFE) junto ao Incra, na capital federal, onde permaneceu até ser nomeado procurador chefe.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink