Paraná colhe volume recorde de soja e lidera produção de grãos no País

Agronegócio

Paraná colhe volume recorde de soja e lidera produção de grãos no País

Estado contabiliza a colheita de 15,4 milhões de ton de soja
Por:
3206 acessos
Com a colheita da safra de grãos de verão praticamente concluída, o Paraná contabiliza a colheita de 15,4 milhões de toneladas de soja, a maior safra já produzida desde que o Estado iniciou o plantio do grão, na década de 70. O bom rendimento da soja e melhores expectativas com a produção de milho da segunda safra projetam para a safra total de grãos 2011 um volume recorde de 33 milhões de toneladas, segundo o levantamento correspondente ao mês de maio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado nesta quarta-feira (08). Com isso, o Paraná ocupa a liderança na produção nacional de grãos, com uma participação de 20,4%, seguido do Mato Grosso, com 19,3%, e Rio Grande do Sul, com 17,8%.

Para o País, o IBGE estima uma safra de 161,2 milhões de toneladas de grãos, 7,8% maior do que a safra recorde do ano passado, quando foram colhidas 149,6 milhões de toneladas, e 1,6% superior à estimativa divulgada no mês passado.

O Paraná é o segundo maior produtor de soja do País, superado pelo Estado do Mato Grosso, mas detém na safra 2011 a liderança no índice de produtividade da cultura, com um rendimento de 3.365 kg/ha, seguido do Estado do Mato Grosso que apresentou rendimento de 3.223 kg/ha.

MILHO – Para consolidar o volume total de produção de grãos estimado para o Paraná, a expectativa agora fica por conta do desempenho da produção de milho da segunda safra e da produção de trigo, na qual o Estado se destaca como maior produtor nacional. Essas culturas estão em desenvolvimento e o clima já acena sua influência sobre o resultado final.

A falta de chuvas no Paraná obrigou o IBGE a rever para baixo a expectativa de produção em relação à projeção divulgada no mês passado. Com uma previsão 1,6% menor em relação ao último relatório, o Paraná poderá colher um volume de 7,42 milhões de toneladas de milho da segunda safra. Ainda assim, o volume é 9,4% maior em relação à produção em igual período de 2010, quando foram colhidas 6,78 milhões de toneladas.

Com isso, a produção total de milho no Paraná em 2011, projetada pelo IBGE, é de 13,28 milhões de toneladas, volume 2,1% abaixo do registrado no ano passado, quando foram colhidas 13,56 milhões de toneladas entre a primeira e segunda safra. É que cada vez mais a produção de milho da segunda safra supera a primeira, antes considerada a principal. E neste ano de 2011, a produção da primeira safra caiu 13,6% porque os produtores apostaram no plantio de soja e deixaram para plantar o milho na segunda safra.

TRIGO – A estiagem durante o mês de maio também influenciou negativamente o plantio de trigo e o desenvolvimento inicial das plantas. Segundo o IBGE, a segunda avaliação da safra paranaense, maior produtor nacional, registra uma diminuição na produção de 0,3% o mesmo ocorrendo com a área que cai 0,7%.

Além do clima, os produtores decidiram plantar menos trigo esse ano no Paraná por dificuldades de liquidez na comercialização da safra passada. Por conta disso, a produção estimada no Estado é 17,3% menor, caindo de 3,44 milhões de toneladas produzidas na safra passada para 2,85 milhões de toneladas previstas para este ano.

FEIJÃO – A produção total de feijão este ano, considerando as três safras plantadas no Paraná, é de 818.189 toneladas, volume 3,3% maior sobre o resultado das safras em 2010, onde a produção foi de 792.010 toneladas. O Estado lidera a produção anual do grão no País.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink