Perdas no milho serão superiores a 20%, diz Aprosoja
CI
Imagem: Leonardo Gottems
ESTIMATIVA

Perdas no milho serão superiores a 20%, diz Aprosoja

Presidente afirma que a situação é bem pior do que estamos vendo nas estimativas de produção
Por: -Aline Merladete

As estimativas do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) apontam perda na produtividade de aproximadamente 7% nesta safra de milho. Já o AgroConsult estima menos 14%. Porém, de acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja MT), Fernando Cadore, o sentimento dos produtores é outro. “Ficará superior a 20%”, avalia. Isso porque, segundo dados do IMEA, cerca de 45% do plantio ocorreu fora da janela (em função do atraso na colheita de soja), além disso, choveu pouco no mês de abril.

Conforme dados divulgados pela Aprosoja, a estimativa é que a queda seja maior do que o mercado tem apontado. 'Nós acreditamos numa perda de produtividade superior a 20%, devido vários fatores, principalmente falta de chuva somada ao plantio fora da janela ideal. Esse é o nosso sentimento” pontuou Fernando Cadore que é produtor em Primavera do Leste e Paranatinga.

Segundo o presidente da Aprosoja MT, os produtores têm observado, recebido relatos e ido a campo inspecionar as lavouras de milho. “É extremamente preocupante a segunda safra no estado e os números divulgados do mercado não condizem com a realidade no campo, a situação é bem pior do que estamos vendo nas estimativas de produção”, finalizou Cadore.

dados da Aprosoja MT.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.