Pesquisa destaca quem mais compra do Brasil
CI
Imagem: Pixabay
EXPORTAÇÃO

Pesquisa destaca quem mais compra do Brasil

Números se referem ao terceiro trimestre de 2020
Por: -Eliza Maliszewski

Um levantamento apurou quem foram os mais assíduos parceiros comerciais do Brasil no terceiro trimestre de 2020. Os que mais compraram produtos brasileiros são a China, os Estados Unidos e a Argentina. Os números constam no relatório Descartes DatamyneTM, que contempla o maior número de análises sobre produtos, praças e mercadorias de 230 países em cinco continentes.

A China é disparado o melhor comprador. O país recebeu 35,21% do total comercializado pelo Brasil no mercado internacional, o que significa montantes da ordem de US$ 19,4 bilhões. Historicamente, a China é o país que mais compra do Brasil: em 2019, respondeu por 27,76% do total exportado (US$ 16,3 bilhões), e em 2018, por 27,48% (US$ 17,4 bilhões). O maior volume se refere à commodities como grãos e proteínas.

Em segundo lugar estão os Estados Unidos com volume de 9,29% do total exportado no terceiro trimestre (US$ 5,1 bilhões); em 2019, o país respondeu por 12,38% do total (US$ 7,2 bilhões) e, em 2018, por 11,89% (US$ 7,5 bilhões). 

Em terceiro lugar aparece a vizinha Argentina, que no terceiro trimestre comprou 4,06% das exportações brasileiras (US$ 2,2 bilhões). O país latino também mantém posição histórica no ranking, já que em 2019 atingiu a marca de 4,13% das exportações partindo do Brasil (US$ 2,4 bilhões), e em 2018, de 5,43% (US$ 3,4 bilhões).

Completando a lista dos dez maiores compradores aparecem, em ordem crescente, Países Baixos (Holanda), Cingapura, Chile, Espanha, Panamá, Alemanha e México. Juntos estes dez países somaram US$ 55,2 bilhões.

Já em relação aos produtos mais vendidos a liderança é da soja.  A oleaginosa aparece com um volume de US$ 2,7 bilhões; o ferro, com US$ 18 milhões; açúcar, com US$ 5,9 bilhões e carne bovina, com US$ 5,4 bilhões.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink