Pesquisadores desenvolvem método para determinar genes
CI
Imagem: Pixabay
TECNOLOGIA

Pesquisadores desenvolvem método para determinar genes

Até agora, era extremamente desafiador determinar o cistroma de um organismo
Por: -Leonardo Gottems

O DNA total de um organismo é significativamente mais extenso do que o genoma real usado. Um consórcio de pesquisadores alemães e americanos envolvendo o Instituto Max Planck para Pesquisa de Melhoramento de Plantas em Colônia (MPIPZ) e a Heinrich Heine University Düsseldorf (HHU) desenvolveu um método para determinar todas as regiões do genoma ativo em uma única análise. Eles apresentam seus resultados usando a cultura do milho na edição atual da revista PLoS Genetics. 

Apenas uma pequena porcentagem do genoma realmente serve para codificar e controlar a estrutura de um organismo e suas funções. A grande maioria do resto não tem função aparente. Além disso, dependendo da localização e função de uma célula, os genes que são ativados especificamente para habilitar a função particular da célula diferem por sua vez. 

Para ler os genes, a enzima "RNA polimerase" se liga ao DNA. Começando em um ponto especificado, ele lê uma seção definida da molécula hereditária, transferindo as informações do DNA para uma molécula semelhante, o "RNA mensageiro" (mRNA). O mRNA é então transportado para os ribossomos, que produzem proteínas a partir do projeto de mRNA. Essas proteínas podem servir como blocos de construção para a célula ou controlar certas funções dentro dela. 

Até agora, era extremamente desafiador determinar o cistroma de um organismo: cada fator de transcrição tinha que ser examinado separadamente usando o chamado método ChIP. Para uma planta de milho com cerca de 2.500 fatores de transcrição, isso significa o mesmo número de experimentos para analisar todo o cistroma. Uma equipe de pesquisadores da Florida State University em Tallahassee, EUA, do Instituto de Fisiologia Molecular do HHU e do MPIPZ em Colônia, desenvolveu agora um método chamado "MOA-seq" que pode ser usado para determinar todo o cistromo em um único experimento e em alta resolução. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.