Pesquisadores franceses se reúnem com técnicos da CNA
CI
Agronegócio

Pesquisadores franceses se reúnem com técnicos da CNA

Delegação está no Brasil para conhecer mais sobre a pecuária brasileira
Por:
Delegação está no Brasil para conhecer mais sobre a pecuária brasileira
Uma delegação de pesquisadores franceses se reuniu nessa segunda-feira (23/1) com técnicos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília, para conhecer as ações da entidade voltadas para a pecuária brasileira. O grupo está no Brasil com o objetivo de buscar informações sobre os setores de bovinos, aves e suínos, como sustentabilidade, preços, exportações, importações, produção e os gargalos que impedem o crescimento da atividade, para traçar um diagnóstico sobre este segmento no Brasil. Além da CNA, os pesquisadores se reunirão com representantes do governo, indústrias e também farão visitas a propriedades rurais para conhecer o sistema de produção no País.

Um dos temas bordados no encontro foi a produção sustentável. Os técnicos da CNA enfatizaram que os pecuaristas brasileiros têm adotado práticas que permitem o aumento da oferta de carne sem a necessidade de abrir novas áreas para a produção, a partir de tecnologias que possibilitam a ampliação de produtividade, evitando danos ao meio ambiente e ajudando a mitigar os efeitos do clima sobre a atividade. Um dos exemplos citados foi o confinamento de animais.
Os franceses também conheceram um pouco mais sobre o Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC), iniciativa do governo federal que tem por objetivo financiar ações que propiciam a redução das emissões de carbono no setor agropecuário. Neste contexto, a CNA tem sido protagonista em promover o debate junto a outros segmentos da economia para que todos contribuam para a queda da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEEs), além de defender ações como a integração lavoura-pecuária e a integração lavoura-pecuária floresta para conciliar a produção de alimentos e a preservação do meio ambiente.

Os técnicos da CNA também relataram aos franceses que um dos problemas enfrentados pelo setor é a alta carga tributária sobre a atividade, além da baixa disponibilidade de linhas de financiamento para a pecuária, que dificultam os investimentos no setor. Participaram do encontro o assessor técnico do Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da CNA, Paulo Sérgio Mustefaga, as assessoras técnicas de Relações Internacionais, Camila Sande e Maria Helena Gomes, e a assessora técnica interina da Comissão Nacional de Aves e Suínos, Geralda Damião. Pela delegação francesa, estiveram na reunião representantes de entidades de pesquisa em pecuária e da embaixada francesa no Brasil.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.