Piora ainda mais a qualidade do milho argentino
CI
Imagem: Pixabay
VIZINHOS

Piora ainda mais a qualidade do milho argentino

Já no trigo, a condição da safra 22/23 em excelente/boa condição é de 21%
Por: -Leonardo Gottems

Apenas 15% das lavouras de milho da Argentina estão em “excelentes/boas condições”, de acordo com a Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA). A qualidade da safra no país vizinho caiu mais um ponto percentual na comparação com os 16% registrados na semana anterior. Outros cerca de 58% do milho são avaliados como em “condições normais”, além de 27% classificados como “regulares/ruins”. 

“Sobre a condição hídrica, não existem áreas em excesso, assim como na semana anterior. As áreas avaliadas com condição hídrica ótima/adequada, é de cerca de 51%, comparado a 55% na última semana. Cerca de 49% da safra tem condição regular/seca, ante 45% na semana anterior”, destaca a Consultoria AgResource Brasil.

O relatório da BCBA aponta ainda que a colheita de milho no nível nacional avançou 6,5 pontos percentuais na semana e atingiram 53% do país. “O número está abaixo do mesmo período do ano passado, quando alcançava 56%, e abaixo da média dos últimos cinco anos, de 64,3%. Os trabalhos do cereal semeado mais cedo atingem 70,4% da área”, aponta a filial da empresa norte-americana AgResource Company.

TRIGO

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires informou ainda que o plantio da safra do trigo 22/23 a nível nacional atingiu 85,2%, enquanto no mesmo período do ano anterior estava 91,3% da área. “A condição da safra 22/23 em excelente/boa condição é de 21%, cerca de 60% do trigo é avaliado como normal e 19% como regular/ruim. Sobre a condição hídrica, não existem áreas em excesso, assim como na semana anterior. As áreas avaliadas com condição hídrica ótima/adequada, é de cerca de 60%, comparado a 62% na última semana. Cerca de 40% da safra tem condição regular/seca, ante 38% na semana anterior”, conclui a AgResource.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.