Plataforma virtual visa redução de gases do efeito estufa

LANÇAMENTO

Plataforma virtual visa redução de gases do efeito estufa

Recomendações para estimular o produtor rural a recompor a paisagem nativa
Por: -Leonardo Gottems
347 acessos

Os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e do Meio Ambiente (MMA) lançaram nessa quarta-feira (28.03) a Plataforma Multi-institucional de Monitoramento das Reduções de Emissões de Gases de Efeito Estufa na Agropecuária, chamada de Plataforma ABC. A nova ferramenta tem objetivo de monitorar a emissão de gases na agropecuária e o estoque de carbono no solo.

A nova ferramenta faz parte do compromisso assumido pelo governo federal com a Política Nacional sobre Mudanças do Clima (PNMC) e com o Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação às Mudanças Climáticas para a Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (Plano ABC). A plataforma faz recomendações personalizadas para estimular o produtor rural a recompor a paisagem nativa de sua propriedade e gera medições que ajudarão a medir a quantidade de carbono no solo antes e depois da aplicação de tecnologias.

A Plataforma ABC garantirá retorno financeiro e o aperfeiçoamento de práticas que auxiliem na preservação ambiental do solo e do ar, através da oferta de serviços como monitoramento, acompanhamentos e armazenamento de dados. Além disso, pretende-se estimular à adoção de tecnologias definidas no Plano ABC como a Recuperação de Pastagens Degradadas, a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e o Sistema Plantio Direto (SPD).

Outra iniciativa resultada da parceria entre MMA e Mapa foi o desenvolvimento da Plataforma WebAmbiente. O projeto ajuda o produtor rural a entender o novo Código Florestal, utilizando a internet como aliada para planejar a recomposição de áreas degradadas de seus imóveis. Entre as funcionalidades da plataforma se destacam: cadastro de áreas, diagnóstico interativo, espécies nativas indicadas e seu potencial econômico, técnicas e modelos disponíveis, entre outros.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink