Preço da soja “sem força” para subir no Brasil

MERCADO FÍSICO

Preço da soja “sem força” para subir no Brasil

Cotações flutuam na parte de baixo da linha de suporte, com componentes fracos - principalmente Chicago
Por: -Leonardo Gottems
2094 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a semana com preços médios da soja sobre rodas nos portos do Sul do país a R$ 77,66/saca. Isso representou queda de 0,43% na última quinta-feira (18.04), mas alta de 0,21% na semana e queda de 1,35% no mês. 

No interior, porém, os preços médios do mercado de lotes (os preços de balcão, pagos aos
agricultores são menores, de acordo com o frete até o porto), fecharam em leve alta de 0,15% a R$ 72,11/saca. No mês de Abril, porém, a queda foi de 0,55%, de acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica.

“Os preços estão flutuando na parte de baixo da linha de suporte, sem forças para subir mais, porque todos os componentes do preço estão fracos, principalmente Chicago, que caiu 1,63% na semana, de $ 8,95 no dia 12/4 para $ 8,80 nesta quinta-feira, superando a alta do dólar de 1,06% nesta semana”, aponta Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F. 

Segundo o especialista, “menos mal” que o prêmio ainda está se mantendo positivo ao redor de 30 para maio e junho e 40/50 para julho e agosto: “Sinal que a China continua dando preferência à soja brasileira, mas sem aquele apetite que eleva demais o preço. E tudo tende a permanecer como está enquanto não sair o acordo EUA-China, que está travando tudo”.

Os preços do farelo subiram levemente na semana, permitindo preços melhores no mercado interno Na maior parte das praças acompanhadas semanalmente pela T&F Consultoria os preços do farelo de soja tiveram alta, nesta semana, permitindo fechamentos positivos no grão. Os preços do óleo de soja, majoritariamente regulados pelos leilões de biodiesel realizados regularmente, tiveram desempenhos mistos na semana.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink