ANÁLISE AGROLINK

Preço da soja cai com demanda fraca

Mercado prefere hoje o produto da América do Sul
Por: -Leonardo Gottems
127 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta quinta-feira (30.11) queda de 6,75 centavos de Dólar no contrato de Janeiro/18 (o mais negociado no momento), fechando em US$ 9,575 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 5,75 e 6,75 pontos.

Mais um dia de perdas nas principais cotações dos futuros no mercado norte-americano da soja, ainda pressionado pelo bom clima na Argentina. As vendas da oleaginosa em ritmo lento adicionam ainda mais pressão, uma vez que o mercado prefere hoje o produto da América do Sul.

“A cobertura de posições compradas na soja foi o tema das operações aqui em Chicago [ontem]. O óleo de soja operou em alta significante nos primeiros momentos após a publicação dos novos mandatos de biocombustíveis dos Estados Unidos. No entanto, um fundo especulativo de alto poder aquisitivo entrou com vendas expressivas, despencando com os futuros do óleo. Este mesmo fundo tem sido um ativo operador desde as vésperas do feriado de Thanksgiving, quando já começava na compra de farelo de soja e na venda do óleo”, afirma a Consultoria AgResource. 

Os analistas apontam que este movimento é característico de um posicionamento ligado a possibilidade de condições climáticas adversas na América do Sul. Além disso, a Agência de Proteção Ambiental (EPA, sigla em inglês) publicou os novos mandatos de biocombustíveis para os Estados Unidos: “Para o atual ano comercial, nenhuma mudança expressiva foi notada no uso doméstico de combustíveis de fonte renovável, definido em 19,29 bilhões de galões. A notícia é otimista para o mercado, uma vez que a indústria esmagadora norte-americana estava amedrontada por possíveis cortes no uso interno”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink