Preço da soja reage em Chicago

ANÁLISE AGROLINK

Preço da soja reage em Chicago

Dados aduaneiros chineses mostraram 1,51 MT importadas em março dos EUA
Por: -Leonardo Gottems
1466 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quinta-feira (25.04) alta de 4,00 pontos no contrato de Maio/19, fechando em US$ 8,5925 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 3,75 e 4,00 pontos.

Os principais contratos futuros reagiram no mercado norte-americano, impulsionado pelas exportações semanais. “Os dados aduaneiros chineses mostraram 4,92 MT de soja importado em março, com 1,51 MT origem dos EUA (50% a menos do que o ano passado). IGC aumentou sua estimativa de produção mundial de soja 2019/20 em 2 MT, que também elevou em 5 MT os estoques finais para 56 MMT”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria AgResource, futuros na CBOT trouxeram leve recuperação na sessão de ontem, à medida em que a moeda norte-americana ganha valor frente às principais moedas globais: “Além do mais, os números de exportações semanais da soja estadunidense trouxeram ‘ânimo especulativo’ com vendas semanais do grão acima da expectativa do mercado”. 

“Um total de 596mil toneladas da oleaginosa foram vendidas em contratos nesta última semana, para embarque até o fim de agosto deste ano, sendo o maior valor para o período em questão, desde 2009. Do total, 212mil tons são programadas para entrega na China, enquanto que 230mil ainda não possuem destinos específicos. No milho, o total vendido em contratos somou 779mil tons, nesta semana. Já os embarques do cereal acumularam 1,2 milhão de toneladas, no mesmo intervalo”, concluem os analistas da ARC.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink