Preço do açúcar sobe em Nova York


Agronegócio

Preço do açúcar sobe em Nova York

Por:
1 acessos

Perspectivas são de que países como Egito e Irã voltem a importar. Os contratos futuros de açúcar foram negociados em ligeira alta no pregão de ontem da bolsa de Nova York. Os embarques julho registraram ganhos de 0,8% no dia, e encerraram cotados a 7,22 centavos de dólar por libra-peso. Poucos negócios foram realizados no pregão de ontem, com o mercado físico bastante calmo.

Traders informaram que o Egito, alguns países da Africa do Norte e o Irã devem voltar a comprar açúcar após os bombardeios norte-americanos ao Iraque. A Líbia comprou 200 mil toneladas de açúcar branco. Os embarques da Tailândia para o Iraque foram suspensos por conta da guerra.

As exportações brasileiras de açúcar movimentaram US$ 3,945 milhões por dia na semana de 10 a 16 de março, segundo informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Dessa forma, a média diária do mês encontra-se em US$ 3,519 milhões, valor 38,3% abaixo da média de fevereiro. Em relação a março de 2002 houve aumento de 10,4%.

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Agricultura da China com 668 empresas do setor mostrou que tanto os produtores de cana como os de beterraba pretendem reduzir a área plantada em 4,2% este ano, em comparação com o ano passado, informou o Glencore Sugar Report. Os produtores de cana têm aumentado a área plantada com variedades mais produtivas. A expectativa para a safra de açúcar 2002/03 é recorde de 9,52 milhões de toneladas de açúcar, equivalente branco – 8,2% acima dos 8,8 milhões de toneladas do período anterior.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink