Preço do animal vivo sobe mas carne recua

SUÍNOS

Preço do animal vivo sobe mas carne recua

A Secex aponta que houve aumento de 13% entre agosto e setembro nos embarques
Por:
359 acessos

As cotações do suíno vivo estão em alta neste início de outubro, segundo dados do Cepea.

A demanda aquecida de frigoríficos por animais para abate e a dificuldade de encontrar novos lotes em peso ideal justificam esse cenário. Quanto aos preços da carne, por outro lado, colaboradores do Cepea relatam dificuldades em repassar os reajustes nos valores do animal vivo à proteína.

Em relação aos embarques de carne suína in natura, a Secex aponta que houve aumento de 13% entre agosto e setembro, totalizando 49,8 mil toneladas no mês passado – desse volume, 46% tiveram a China como destino.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink