Preço do farelo de algodão acompanhou a queda do farelo de soja

Algodão

Preço do farelo de algodão acompanhou a queda do farelo de soja

As cotações do farelo de algodão deverão acompanhar essa tendência nos próximos meses
Por:
220 acessos

Os preços do farelo de algodão caíram acompanhando o farelo de soja e a soja grão, que por sua vez recuaram em função do câmbio e da pressão do lado da oferta, com a colheita em andamento (safra).

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na primeira quinzena de janeiro, a tonelada do farelo de algodão com 38% de proteína bruta (PB) ficou cotada, em média, em R$937,78 em São Paulo, sem o frete.

O recuo foi de 0,5% na comparação com a quinzena anterior, mas o alimento concentrado ainda está custando 15,1% mais em relação a janeiro de 2018.

Em curto e médio prazos, a expectativa é de preços mais frouxos no mercado da soja (grão e farelo), em função da colheita, câmbio pesando menos e incertezas com relação à demanda, especialmente para exportação.

No entanto, as quedas nos preços poderão ser limitadas, em função das revisões para baixo na produção brasileira de soja, devido à falta de chuvas no final de 2018 em importantes regiões produtoras.

As cotações do farelo de algodão deverão acompanhar essa tendência nos próximos meses.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink