Preços da soja permanecem inalterados
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Divulgação

COTAÇÕES

Preços da soja permanecem inalterados

No RS, os valores subiram apenas em Canoas
Por: -Leonardo Gottems
447 acessos

De acordo com a TF Agroeconômica, os preços da soja permaneceram inalterados na maioria das praças neste início de semana. No Rio Grande do Sul, eles permaneceram inalterados pelo terceiro dia consecutivo, subindo apenas em Canoas. “No que se refere ao mercado, o preço da soja no porto gaúcho de Rio Grande o preço da soja manteve a alta da última sexta-feira e permaneceu a R$ 151,00/saca para início de novembro”, comenta. 

“Em Canoas o preço subiu também subiu R$ 2,00/saca para R$ 153,00 para pagamento no início de novembro; em Ijuí o preço manteve a alta dos dois  dias anteriores  a  R$ 154,00 para  pagamento  em final de  outubro;  em  Cruz Alta  também  manteve  o preço  de R$  154,00  para final  de outubro e a$ 155,00 também em Passo Fundo, para final de novembro”, completa. 

No Paraná, os preços mantiveram as altas dos dias anteriores pelo terceiro dia consecutivo. “No mercado de balcão o preço oferecido ao agricultor na região de Ponta Grossa manteve a alta do dia anterior a R$ 140,00. Na tabela nº 1 acima pode-se ver os preços para os produtores em outras praças. No mercado de lotes, para entrega em setembro o preço manteve R$ 155,00/saca, em Ponta Grossa”, informa. 

No Mato Grosso, o estado deverá aumentar a área em 0,93% para 10,3 milhões de hectares. “No Mato Grosso a nova estimativa da safra 20/21 de soja foi divulgada pelo Imea nesta segunda-feira. Em relação à área, a expectativa é de que sejam cultivados mais de 10,30 milhões de ha, valor 0,93% acima ao da última estimativa do Imea. O aumento da previsão é motivado, principalmente, pela capitalização do produtor rural, aliada ao aumento constante dos preços futuros da oleaginosa e a perspectiva de redução de área de algodão primeira safra”, conclui. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink