Preços do milho estão pressionados
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
PRESSÃO

Preços do milho estão pressionados

Nas últimas semanas o preços do milho vem sofrendo pressão com o atual cenário para o consumo do cereal
Por: -Aline Merladete

Nas últimas semanas o preços do milho vem sofrendo pressão com o atual cenário para o consumo do cereal. A redução da demanda devido à menor competitividade do etanol e às incertezas dos pecuaristas de confinamento quanto à diminuição da produção influenciou os preços nas últimas semanas.

De acordo com o boletim informativo do IMEA, apesar do recio nas cotações do cereal em Mato Grosso, a menor disponibilidade do grão no estado possibilitou a sustentação dos preços em comparação ao indicador Cepea, o qual foi influenciado pela oferta da primeira safra no país.

Ainda conforme divulgado, a desvalorização no preço em MT no último mês foi de 5,36%, inferior aos 19,61% de queda apresentados pelo indicador Cepea para o mesmo período. Como o estado passa por um momento de escassez do produto, espera-se que os preços dos milho recuem próximo da colheita, devido à sazonalidade característica do período. A desvalorização que começa a ser vista em outros locais do país pode impactar Mato Grosso antes disso.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.