Meio ambiente

Preservação de nascentes foi tema de capacitação em Jaguari

Extensionistas da Emater/RS participaram de capacitação sobre proteção, preservação e recuperação de nascentes e olhos d?água
Por:
146 acessos

Na última quinta-feira (19/03), em Jaguari, extensionistas da Emater/RS-Ascar de mais de dez munícipios da região Central participaram de capacitação sobre proteção, preservação e recuperação de nascentes e olhos d?água. A atividade técnica foi realizada pela Emater/RS-Ascar em parceria com a Prefeitura de Jaguari, secretarias municipais da Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, e da Saúde e a Vigilância Sanitária, reunindo 40 extensionistas, além de autoridades do munícipio e produtores rurais.

A capacitação foi realizada na propriedade de Natal Saran, na localidade de Linha 10, Santo Antônio, e ministrada pelo assistente técnico de Meio Ambiente do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, engenheiro agrônomo Mario Landerdahl. O evento também contou com a presença da assistente técnica social da Emater/RS-Ascar da região de Santa Maria, pedagoga Marilene Moraes Ferreira. 

Inicialmente, o instrutor Mário Landerdahl apresentou aspectos legais da intervenção em foco, previstas no Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), e o papel da Emater/RS-Ascar no detalhamento e orientação dos produtores rurais sobre o assunto. Conforme Landerdahl, a limpeza do local deve ser feita de forma criteriosa, usando ferramentas manuais e evitando danos à vegetação, desviando a água da nascente e retirando resíduos orgânicos. O técnico abordou a seguir a realização da estrutura da base, feita com brita, e a estrutura física de proteção; também abordou a construção de alvenaria e a implantação dos tubos necessários. Seguiram-se os tópicos sobre higienização feita com cal virgem, estrutura de proteção, higienização do preenchimento e, finalmente, a colocação da cobertura da fonte protegida.

Para o engenheiro agrônomo Landerdahl, esse trabalho se torna muito importante porque a água potável está se tornando cada vez mais escassa, principalmente em períodos de secas, onde muitas propriedades rurais ficam sem água. ?Fazendo essa proteção estamos disponibilizando para as famílias uma água de melhor qualidade?, apontou o técnico.    

Conforme a extensionista social do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Jaguari, Fabrícia Tadia, a Instituição é uma das entidades que mais se preocupa com a preservação e recuperação da água potável no meio rural, pois está presente no dia a dia dos produtores. ?É uma prática que reflete a nossa funcionalidade enquanto extensionistas e é a essência da Extensão Rural: a preservação, a restauração e também o resgaste?, assegurou Fabrícia.

O agricultor Natal Saran também se mostrou satisfeito com a demonstração técnica ocorrida na sua propriedade. ?Estou orgulhoso, a água é tão essencial para manter nossa vidas e o nosso trabalho no campo?, disse ele.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink