Presos acusados de cobrar dívidas de agricultores com violência
CI
RIO GRANDE DO SUL

Presos acusados de cobrar dívidas de agricultores com violência

Todos os envolvidos tinham antecedentes criminais
Por: -Eliza Maliszewski

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu dois homens que se identificavam como cobradores de uma empresa de Passo Fundo.  Eles são acusados de cobrar dívidas de produtores rurais com uso de violência em diversos municípios. As cobranças de davam sempre com coação e em um dos casos eles teriam efetuado disparos contra as vítimas e roubado objetos. 

Segundo o delegado que investiga os casos, Valeriano Garcia Neto, muitos produtores não chegaram a registrar por medo. “O fato mais grave ocorreu em uma propriedade entre Alegrete e o município de Manuel Viana. Com a investigação, a polícia conseguiu identificar a empresa e os envolvidos, que tiveram a prisão preventiva decretada pela justiça de Alegrete. Um foi preso em Santa Maria e dois em Passo Fundo, um deles um policial militar na reserva”, informa.

Todos os envolvidos tinham antecedentes criminais e uma arma de fogo do policial da reserva foi apreendida, assim como munições. As investigações continuam e querem apurar se a empresa citada pelos criminosos tinha ciência da prática e quem se beneficiava do dinheiro extorquido. Outros dois homens estão foragidos.

A Operação Acerto de Contas foi deflagrada pela Polícia Civil de Alegrete, na Região da Campanha.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.