PREVISÃO DO TEMPO: instabilidade ganha força pelo Brasil
CI
Imagem: Arquivo
AGROTEMPO

PREVISÃO DO TEMPO: instabilidade ganha força pelo Brasil

A tendência é que os próximos dias os volumes de chuva aumentem de forma significativa
Por: -Aline Merladete

Para esta quarta-feira (10/02), o tempo permanece com muitas instabilidades sobre a faixa centro norte do Brasil, devido a manutenção do fluxo de umidade e ao forte calor em algumas áreas. Além disso, em parte do sul e do sudeste, novas instabilidades dão condições para pancadas de chuvas ao longo do dia e as temperaturas seguem em uma gradativa elevação. 

A tendência é que os próximos dias os volumes de chuva aumentem de forma significativa em áreas do sul e oeste do Norte do Brasil. Nestes dias se manterá também o alinhamento das instabilidades, porém com gradativo recuo para sul, na região Sudeste do país. A atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) manterá o tempo instável e com chuvas fortes entre o nordeste do PA e o litoral do AP. Em parte do MA, PI e BA, as instabilidades em altitude e a termodinâmica manterão o potencial para pancadas de chuva que podem ser localmente fortes.

Veja como ficará o tempo em cada região:

Região Norte

Parte das instabilidades na região, serão provocadas pelo forte calor, a grande quantidade de umidade disponível e instabilidades nas partes mais altas da atmosfera. Com isso, no AC, RO, sul do AM e sul do estado do PA há condições para chuvas fortes com potencial para acumulados acima dos 60 mm, pontualmente. Nessas regiões o tempo também ficará bastante encoberto e com a possibilidade de chuva a qualquer momento do dia e até mesmo chuvas constantes. Além disso, o posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), favorece para formação de instabilidades no nordeste do PA e no leste do AP. As instabilidades estarão presentes em todo o estado do TO, porém na forma de pancadas isoladas. Por fim, no estado de RR e na grande região de Barcelos no AM e no Baixo Amazonas no PA, as condições para chuvas serão menores.

Região Nordeste

Parte da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) também influenciará o tempo, principalmente na faixa norte do estados do MA, PI, CE, e RN. Nessas regiões os acumulados podem se aproximar dos 40 mm pontualmente. Em pontos do setor sul do MA, sul do PI, sul do CE, oeste do PE, e ao oeste e sul da BA, há condições para acumulados na ordem dos 20 mm e na forma de pancadas. Nas demais regiões, o tempo segue com possibilidade de chuvas fracas e passageiras.

Região Centro-Oeste

De maneira geral, as chuvas ainda ficam concentradas em boa parte da faixa norte da região, principalmente no norte do MT e norte do GO onde os acumulados podem ultrapassar os 50 mm pontualmente. Porém, diferentemente dos dias anteriores, a massa de ar seco na parcela sul da região perde força e dá espaço para a formação de instabilidades. Com isso, há condições para pancadas de chuvas isoladas no sul do MT, sul do GO e em boa parte do MS. Entretanto, essas instabilidades estarão presentes de forma irregular e mal distribuídas, com maior potencial ao final do dia, devido ao aquecimento diurno.
 
Região Sudeste

O fluxo de umidade ainda persiste nos estados de MG, ES e RJ, contudo a intensidade dos acumulados serão menores em relação aos dias anteriores, mas ainda com possibilidade de pancadas de chuvas fortes acompanhadas de raios e eventual queda de granizo. No estado de SP, assim como na região vizinha, a massa de ar seco perde força e dá espaço para um tempo mais instável, com isso há condiç?os para pancadas de chuva principalmente no final do dia em todo o estado de SP e na região do triângulo mineiro. Vale ressaltar o potencial de acumulados significativos no litoral sul de SP devido à circulação marítima. 

Região Sul

A presença de uma região de baixa pressão no norte da Argentina e sul do Paraguai, favorece as condições para formação de áreas de instabilidade na região oeste de SC e oeste do RS. Além de que, ao sul do RS a presença de um cavado - região alongada de baixa pressão - e o aporte de umidade marítima, carregada pelos ventos de leste, dão condições para chuvas, em especial na grande região de Pelotas e regiões adjacentes à Bagé. No PR e nas demais regiões de SC, o tempo fica mais estável, porém devido ao forte aquecimento, não se descarta a ocorrência de temporais isolados com potencial de chuvas fortes.

Confira como ficam as chuvas para hoje. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink