MERCADO ABERTO

Primeiro embarque de limão argentino chega aos EUA

País enviará 30 mil toneladas da fruta anualmente à Costa Leste
Por: -Leonardo Gottems
126 acessos

A Argentina embarcou as primeiras 30 mil toneladas de limões para a Costa Leste dos Estados Unidos. A abertura do mercado de limões para a Argentina foi dada em agosto de 2017 e permitirá uma cota de 30 mil toneladas por ano.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, e o seu ministro de Agricultura, Luis Miguel Etchevehere, comemoram a abertura do novo mercado para os limões argentinos em um ato político realizado na província de Tucumán. A província é responsável pela produção de 90% dos limões argentinos.

“A Argentina está aberta às oportunidades de comércio globais, especificamente no setor de cítricos, e foi o único país que conseguir ter acesso tanto ao mercado brasileiro quanto ao mercado americano ao mesmo tempo. Nós também estamos conseguindo acesso ao mercado mexicano”, afirmou Macri.

Em uma vista oficial de Macri aos Estados Unidos, o presidente Donald Trump chegou a brincar que ele estava “preocupado com a Coreia do Norte, ele [Macri] com os limões”. Naquela ocasião, Trump havia se comprometido a trabalhar pela abertura do mercado norte-americano de limões para os argentinos. Os produtores da Califórnia fizeram forte lobby para vedar a entrada dos produtos da Argentina, mas o acordo foi que o acesso seria restrito à Costa Leste dos Estados Unidos.

Antes de 2001, a Argentina já exportou US$ 100 milhões em limões aos Estados Unidos até serem proibidos. A empresa que enviou o primeiro barco foi a Argenti Lemon, fundada em 1997, que vende a fruta para suco concentrado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink