Primeiro foco de ferrugem asiática é registrado no PR

Ferrugem Asiática

Primeiro foco de ferrugem asiática é registrado no PR

Produtores da região não devem descuidar do controle da doença
Por: -Aline Merladete
3508 acessos

O primeiro foco de ferrugem asiática da soja é registrado no Parané. A identificação foi feita pelo Centro de Pesquisa Agrícola da cooperativa Copacol, de Cafelândia.

Conforme o agrônomo da Copacol, Tiago Madalasso, houve uma antecipação de aproximadamente 15 dias da ocorrência da doença na região noroeste do Paraná.  “Esta antecipação ocorreu porque 50% da semeadura na região também foi aproximadamente 15 dias mais adiantada”, explica. “Historicamente na região, os cultivos de soja ocorrem no final de setembro e, nesta safra, houve uma antecipação para o começo do mês, logo após o final do vazio em 10 de setembro”, diz.

Além disso, Madalosso destaca o ambiente o favorável para o avanço da doença, com favorecimento de molhamento foliar e também temperatura entre 20 e 25ºC. A orientação da pesquisadora da Embrapa Soja, Cláudia Godoy, é para que os produtores da região noroeste do Paraná não descuidem do controle da doença, uma vez que as condições estão favoráveis para o desenvolvimento da ferrugem. 

Cláudia Godoy orienta os produtores a consultarem os resultados de eficiência dos fungicidas para o controle da ferrugem e utilizar os multissítios para aumentar a eficiência de controle. Consulte a publicação: Eficiência de fungicidas para o controle da ferrugem-asiática da soja, Phakopsora pachyrhizi, na safra 2017/2018: resultados sumarizados dos ensaios cooperativos. “Os produtores e técnicos que encontrarem ferrugem nas lavouras podem auxiliar a divulgar a informação, levando as folhas para as cooperativas e outros membros Consórcio Antiferrugem para atualizar o site do Consórcio ”, diz.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink