Produção de carne de frango crescerá 1,5%

COMÉRCIO

Produção de carne de frango crescerá 1,5%

“Além disso, a economia brasileira deve se recuperar no próximo ano", diz o USDA.
Por: -Leonardo Gottems
478 acessos

A produção de carne de frango em 2020 crescerá 2,5%, para 13,975 milhões de toneladas, com a demanda global, especialmente da China, impulsionando o crescimento devido ao impacto da peste suína africana na Ásia. Foi isso que informou um relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). 

“Além disso, a economia brasileira deve se recuperar no próximo ano com um crescimento projetado do PIB de 2 por cento, inflação mais baixa e taxas de desemprego em declínio. Além disso, espera-se que os preços dos alimentos se estabilizem no próximo ano devido a um abundante cultivo de milho e oleaginosas. O preço da carne de frango no mercado doméstico deverá capturar participação de mercado de carne bovina e suína”, diz o texto do relatório. 

O USDA acredita que as fontes comerciais continuam otimistas de que as exportações para a China permanecerão firmes no próximo ano devido ao surto da Febre Suína Africana (AFS) na Ásia. “Prevê-se também que a demanda doméstica por carne de frango aumente devido à recuperação esperada da economia brasileira em 2020, projeção de inflação mais baixa e queda nas taxas de desemprego”, completa. 

“Outros fatores que contribuem para a perspectiva otimista do próximo ano incluem: os custos de alimentação provavelmente permanecerão estáveis devido a um recorde de safras 2019/2020 de soja e milho, um número acima da média de pintos colocados em operações de cultivo de carne nos últimos meses, refletindo os produtores 'confiança no mercado, o peso vivo médio das aves continua a crescer devido à melhoria da genética e aos preços competitivos do produto brasileiro. O último fator assume uma taxa de câmbio média acima de R $ 3,85 por dólar americano”, conclui o relatório do USDA. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink