Produção de leite da Bolívia cresce com assistência técnica
CI
Agronegócio

Produção de leite da Bolívia cresce com assistência técnica

Analista de Pecuária do Núcleo Técnico da Famato se reuniu com representantes da Fedeple
Em visita à cidade de Santa Cruz de La Sierra, o analista de Pecuária do Núcleo Técnico da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Carlos Augusto Zanata, se reuniu com representantes da Federação Departamental de Produtores de Leite de Santa Cruz (Fedeple). A entidade agrega nove pequenas associações, todas elas com pelo menos um técnico veterinário para dar assistência aos produtores. A Fedeple também possui uma central de insumos para fornecer produtos aos associados. "O resultado do investimento em assistência técnica foi o que gerou um crescimento de 100% na produção de leite de Santa Cruz de La Sierra nos últimos cinco anos. Este exemplo nos mostra que é possível fazer o mesmo em Mato Grosso", avalia Zanata.


Fundada em 1977, a Fedeple possui 800 associados, de um total de 5 mil produtores de Santa Cruz de la Sierra. O município é responsável por 60% da produção de leite da Bolívia, que em 2010 foi de 371,7 milhões de litros, de acordo com dados do Food and Agriculture Organization (FAO). A título de comparação, a produção leiteira de Mato Grosso no mesmo ano foi de 510,9 milhões de litros, 27% maior que a produção boliviana, conforme apontou o Diagnóstico da Cadeia Produtiva do Leite de Mato Grosso.


De acordo Zanata,o rebanho de gado leiteiro da Bolívia é composto em sua grande maioria pela raça Holandesa. "Mas os produtores enfrentam problemas de carrapatos e mastites no rebanho. Além disso, existe uma corrente para introduzir o Girolando na região".


Importação - Como no Brasil, a importação de leite, principalmente da Argentina e do Paraguai, preocupa os produtores bolivianos que tentam investir em tecnologia. "Porém, apesar da proximidade com o Brasil e da intenção de importar tecnologia do nosso país, existe uma dificuldade muito grande para a realização da importação de animais, sêmen e embriões", explica Zanata.


Confira outras matérias sobre a visita de Zanata a Bolívia. Clique AQUI  e leia a matéria "Na Bolívia, analista da Famato visita a Expocruz 2012" e neste LINK veja a matéria "Produção de soja da Bolívia atrai produtores brasileiros".

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink