Produção de vinhos é tema de capacitação em Barracão

Vinhos

Produção de vinhos é tema de capacitação em Barracão

Município de Barracão sediou uma capacitação em vinificação que contou com a participação de 25 pessoas entre produtores e técnicos
Por:
62 acessos

O município de Barracão sediou, nessa terça-feira (04/12), uma capacitação em vinificação, que contou com a participação de 25 pessoas entre produtores e técnicos do município e região. A atividade foi realizada na sede da Secretaria de Assistência Social e promovida por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Agricultura e Emater/RS-Ascar. 

De acordo com o técnico em agropecuária e chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Barracão, Christian Tadeu Girardi Costa, a realização do evento se deu pelo fato do município possuir ampla área de cultivo de videiras, tendo inclusive firmado convênio com a Embrapa Uva e Vinho, para a implantação de uma unidade demonstrativa. ?A equipe do escritório local vê na viticultura como uma boa alternativa para a geração de renda em pequenas propriedades, e a vinificação é uma importante forma de agregar valor ao produto?, explica o técnico.

O engenheiro agrônomo e assistente técnico da Emater/RS-Ascar de Erechim, Carlos Alberto Angonese, palestrou na parte da manhã e destacou a importância do manejo desde antes da colheita, observando o ponto de maturação, a temperatura na hora da colheita e desengace (separar a uva do cacho). Sobre os processos de fermentação, foram mensionados os pontos críticos como o favorecimento da multiplicação das leveduras e do controle de temperatura, para que estas se desenvolvam adequadamente realizando a fermentação adequada de forma a conservar melhor a cor, sabores a aromas do produto final. Também foram abordados os cuidados que se devem tomar durante as trasfegas (passagem do vinho de um recipiente para outro) e envase. 

Na parte da tarde, o engenheiro agrônomo e assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar de Passo Fundo, Vilmar Wruch Leitzke, falou a respeito da comercialização e apresentação do produto, sensibilizando os produtores para a necessidade de terem um produto diferenciado com grande potencial de mercado. Leitzke falou sobre os caminhos para a regularização das cantinas junto aos órgãos de fiscalização, de modo a poder ampliar a sua área de comercialização, aumentando a rentabilidade da atividade. 

A avaliação realizada pelos participantes foi positiva. ?Para alguns foi uma reciclagem e para outros produtores foi uma oportunidade de adquirir novas técnicas, as quais já serão postas em prática já na próxima safra?, explicou o técnico da Emater/RS-Ascar Christian Tadeu Girardi Costa. ?É importante a qualificação dos processos, a fim de tornarmos a produção regional tão competitiva quanto a da serra gaúcha?, complementou. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink