Produção industrial é alvo de investimentos da Integrada

Agronegócio

Produção industrial é alvo de investimentos da Integrada

Cooperativa amplia produção de fios de algodão, além da instalação da indústria de suco; setor é responsável por 15% do faturamento total
Por:
280 acessos

A Cooperativa Integrada está investindo em sua área industrial para elevar a participação das indústrias no faturamento da cooperativa. Hoje as indústrias são responsáveis por 15% do faturamento total, que foi de R$ 1 bilhão em 2008.

O principal investimento será na instalação de uma indústria de sucos em Uraí, no norte do Estado, com investimento previsto de R$ 35 milhões. A estrutura deve entrar em funcionamento em 2012 e irá produzir 12 mil toneladas de suco concentrado, processando o equivalente a 3 milhões de caixas de laranja por ano.

Outro investimento feito pela cooperativa é na unidade industrial de fios de algodão da Integrada, em Assaí. Desde maio a unidade também está produzindo fio penteado, considerado o produto mais nobre utilizado para confecção.

Para isso, a cooperativa investiu em instalações físicas, aumentando a planta industrial em 1,7 mil metros quadrados. Também foram adquiridas máquinas, algumas importadas do Japão, consideradas as mais modernas em termos de produção de fio.

Entre as aquisições estão equipamentos como passadeiras, reunideiras, penteadeiras, cardas IDF e outras máquinas, além de equipamentos para testes laboratoriais, importados da Índia, para aferir a qualidade dos fios produzidos na unidade.

A principal característica do fio penteado é que ele passa por um processo de seleção de comprimento das fibras do algodão. Nesse processo, a maioria das fibras curtas, de 15mm a 16mm, são eliminadas e as fibras maiores são utilizadas na produção do fio penteado.

""É um fio mais sedoso ao toque, tem menos pilosidade e maior uniformidade em seu diâmetro, produzindo malhas de maior durabilidade e melhor absorção de corantes no tingimento"", explica o gerente da Fiação, Pedro Kawano.

A decisão de optar pelo fio penteado foi tomada em função do mercado, que está dando prioridade para este tipo de produto. ""O foco da nossa produção está voltada para as necessidades de nossos clientes, que estão preferindo um produto com maior valor agregado"", diz o gerente da Fiação.

Essa tendência está cada vez mais forte, tanto que o fio cardado já está perdendo espaço dentro das linhas de produção das principais malharias do Sul do País, onde está a maioria dos clientes da Integrada.

Por isso, a nova linha de produção veio em boa hora. ""A Integrada já tem uma reputação muito forte em fios cardados por causa da qualidade e temos certeza de que o fio penteado será muito bem aceito pelo mercado"", acredita o supervisor de vendas da Fiação, Edson Oliveira.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink