Produção total de grãos deverá cair em 2022-23
CI
Imagem: Leonardo Gottems
MUNDO

Produção total de grãos deverá cair em 2022-23

O comércio global de grãos totais para o atual ano comercial permanece inalterado
Por: -Leonardo Gottems

Com reduções consideráveis esperadas para milho e trigo, o Conselho Internacional de Grãos (IGC) em seu Relatório de Mercado de Grãos de maio projetou um declínio mensal de 24 milhões de toneladas na produção total de grãos para o ano comercial de 2022-23. “Projeta-se que colheitas menores de trigo, milho e sorgo limitem a produção total mundial de grãos em 2022-23 a 2,251 milhões de toneladas, uma queda de 40 milhões de toneladas em relação ao ano anterior, mas ainda potencialmente a segunda maior de todos os tempos”, disse o IGC.

Com o consumo previsto reduzido quase na mesma quantidade, a estimativa mundial de transporte total de grãos para 2022-23 caiu 1 milhão de toneladas em relação à projeção de abril, observou o relatório. “Com a absorção de ração restringida por preços de mercado elevados e racionamento de demanda resultante, o consumo total deverá cair 8 milhões de toneladas, para 2,279 bilhões de toneladas, a primeira contração anual desde 2015-16”, disse o IGC.

Principalmente por causa de uma redução para o milho, os volumes totais de comércio para 2022-23 são projetados 3 milhões de toneladas abaixo, em 404 milhões de toneladas, marcando um segundo declínio anual consecutivo. Liderados por rebaixamentos nos principais exportadores, os estoques de passagem estão previstos 5% menores em relação a 2021-22, em 580 milhões de toneladas.

A produção total de grãos para o ano-safra 2021-22, que termina em 30 de junho, aumentou 3 milhões de toneladas no mês para um recorde de 2,291 bilhões de toneladas, de acordo com as projeções do IGC. No entanto, com o aumento do consumo, os estoques finais mundiais acumulados para o ano atual são vistos um pouco mais baixos do que antes. O comércio global de grãos totais para o atual ano comercial permanece inalterado mês a mês, em 416 milhões de toneladas, uma queda de 10 milhões de toneladas em relação a 2020-21.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.