Produtor de MT terá que desembolsar mais para plantar soja na safra 13/14
CI
Agronegócio

Produtor de MT terá que desembolsar mais para plantar soja na safra 13/14

Preço das sementes tiveram a maior alta, de 33%
Por:
Preço das sementes tiveram a maior alta, de 33%, se comparada a temporada passada

O custo de produção da soja em Mato Grosso, na safra 13/14, terá aumento de 21% se comparada ao ciclo anterior. O desembolso do produtor na temporada seguinte será de R$ 1.169,32 por hectare, frente a R$ 968,34 na safra 12/13. De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) os gastos com semestres deverão subir 33%, atingindo R$ 141,92 por hectare considerando R$ 106,68/ha no ciclo passado.


Segundo o gestor do Imea, Daniel Latorraca, os preparativos para a safra seguinte, que terá início após o período de vazio sanitário, pré-agendado para o dia 15 de setembro, será desafiante para o produtor mato-grossense. Conforme ele, o aumento no custo de produção significa, automaticamente, uma necessidade dobrada de bons preços. "Para que o produtor tenha renda é fundamental que o preço pago pela saca de soja também aumente para, cobrir essa elevação nos preços dos insumos".


Além das sementes, preço dos defensivos agrícolas teve alta de 20%, passando de R$ 343,51 na safra 2012/13 para R$ 410,28 na safra 2013/14. Com crescimento sequente desde a safra 2009/10, os fertilizantes também registram aumento no comparativo das últimas duas safras, de R$ 518,05 na safra 2012/13 para R$ 616,42 na safra 2013/14.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.