Produtor usa verba própria e de cooperativa

Agronegócio

Produtor usa verba própria e de cooperativa

Por:
496 acessos

   Sa­muel Faus­ti­no Ro­me­ro San­ches Fi­lho, pro­du­tor de so­ja, mi­lho e tri­go em Ja­tai­zi­nho, nor­te do Pa­ra­ná, pro­cu­rar fu­gir dos em­prés­ti­mos ban­cá­rios e não fi­car na de­pen­dên­cia dos re­cur­sos dos pla­nos agrí­co­las. As­so­cia­do da Coo­pe­ra­ti­va In­te­gra­da há ­mais de 25 ­anos, San­ches Fi­lho co­men­ta que pa­ra pro­du­zir cos­tu­ma uti­li­zar re­cur­sos pró­prios ou da coo­pe­ra­ti­va. ‘‘É ­mais fá­cil e não tem ­burocracia’’, ga­ran­te.

  O pro­du­tor ob­ser­va que to­mar em­prés­ti­mos da coo­pe­ra­ti­va ­traz agi­li­da­de pa­ra o pro­ces­so de pro­du­ção. ‘‘Pa­ra to­mar re­cur­so no ban­co é pre­ci­so apre­sen­tar pro­je­tos, is­so é mui­to de­mo­ra­do e ­burocrático’’, res­sal­ta San­ches. ‘‘Com a coo­pe­ra­ti­va, por exem­plo, se eu não te­nho in­su­mo, ­eles me em­pres­tam e de­pois eu pa­go com a ­produção’’, acres­cen­ta, com­pa­ran­do as van­ta­gens. Mes­mo os ju­ros das coo­pe­ra­ti­vas sen­do pa­re­ci­dos com os dos ban­cos tra­di­cio­nais, o pro­du­tor ­acha ­mais van­to­jo­sa es­sa par­ce­ria.

  Quan­to aos pla­nos agrí­co­las, San­ches co­men­ta que se­ria in­te­res­san­te o go­ver­no an­te­ci­par a di­vul­ga­ção des­ses re­cur­sos, ‘‘e não dei­xar pa­ra per­to do iní­cio da ­safra’’. ‘‘Se­ria in­te­res­san­te se o anún­cio vies­se uns ­três me­ses an­tes, pa­ra o pro­du­tor po­der se ­planejar’’, con­clui. (E.Z.)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink