Produtores adquirem mudas de videira em Planalto para ampliar produção
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Divulgação

AGRICULTURA

Produtores adquirem mudas de videira em Planalto para ampliar produção

Mais de 38 mil mudas foram encomendadas
Por:
87 acessos

Pelo quinto ano consecutivo, a equipe da Emater/RS-Ascar, pensando na qualidade da viticultura no município de Planalto, realizou junto a viveiristas credenciados a aquisição de mudas de videiras para os produtores locais. Mais de 38 mil mudas foram encomendadas, das variedades Bordô, Niágara Branca, Niágara Rosa, BRS Violeta, Goethe, BRS Magna, BRS Isis e BRS Nubia, além de porta-enxertos enraizados.

Para que houvesse esse aumento de pedidos, nós trabalhamos juntos aos produtores, realizando o acompanhamento, organização e controle de cultivares. A atividade aqui no município está sendo desenvolvida em pequenas propriedades, com uso da mão de obra familiar. Os agricultores formaram parcerias com empresas, contratos de venda de uva para atacadistas e diretamente para o consumidor. Temos famílias que têm como sua principal renda a venda da uva, seja para mesa ou para indústria. A cadeia produtiva da uva em nosso município gera trabalho e renda para agricultores familiares, transportadores, indústria e cantinas, salientou o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Doraci Bedin.

A fruticultura tem expressão econômica em todas as regiões do Rio Grande do Sul. O Estado é o maior produtor nacional de uva e outras frutas, como pêssego, figo, pera, nectarina, kiwi, amora, mirtilo e azeitonas. A produção gaúcha diferencia-se pela qualidade e pela possibilidade de produção em épocas de entressafra, o que permite a obtenção de bons preços e viabiliza o comércio, para o consumo de mesa, em todo o Brasil.

A Emater/RS-Ascar, em parceria com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), juntamente com os demais setores dessa cadeia, trabalha para que a fruticultura gaúcha seja moderna, sustentável e competitiva, favorecendo a promoção de maior sustentabilidade a muitas propriedades rurais, maior autonomia ao Estado e melhor abastecimento e segurança alimentar.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink