Produtores da mandioca intensificam comercialização; preços seguem em queda

Mandioca

Produtores da mandioca intensificam comercialização; preços seguem em queda

Cotações da mandioca caíram por mais uma semana, refletindo o aumento da oferta e a demanda enfraquecida
Por:
830 acessos

As cotações da mandioca caíram por mais uma semana, refletindo o aumento da oferta e a demanda enfraquecida. Segundo colaboradores do Cepea, parte dos agricultores demonstra maior interesse pela comercialização, devido à necessidade de liberar áreas de arrendamento ou visando um novo plantio. Para outros, os negócios são motivados pela necessidade de fazer caixa e também por expectativas de desvalorizações ainda mais expressivas nos próximos meses.

Do lado da procura, a baixa liquidez no mercado de derivados (fécula e amidos modificados) reduziu a moagem e o interesse pela formação de estoques por parte das fecularias – algumas até sinalizam antecipar o recesso de final de ano. Nesse cenário, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia ficou em R$ 397,31 (R$ 0,6910 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg) entre 19 e 23 de novembro, 2,5% menor que a média da semana anterior. Em quatro semanas, a baixa chega a 7,6%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink