Produtores de leite participam do GQC em Comendador Gomes

Agronegócio

Produtores de leite participam do GQC em Comendador Gomes

Sucessão familiar e sustentabilidade também são assuntos tratados no curso
590 acessos

Sucessão familiar e sustentabilidade também são assuntos tratados no curso

Dezoito participantes, vindos de 10 empresas rurais familiares produtoras de leite: este é o perfil dos novos alunos do programa Gestão com Qualidade em Campo - GQC doSenar Minas iniciado esta semana em Comendador Gomes. Em oito módulos teóricos e práticos, serão tratados assuntos como finanças, gestão de pessoas, produção e produtividade e comercialização.

Segundo Walmes Batista Mendonça, instrutor que já assistiu 32 turmas do GQC, as mudanças são significativas. “O GQC leva o participante a pensar como empresário, e não apenas como produtor. Há uma quebra de paradigmas. Mostramos a eles que é possível fazer e ganhar dinheiro, trabalhar com pessoas motivadas, produzir com técnicas para aumentar a produtividade e ainda quais os caminhos a serem seguidos para estarem conectados às exigências de mercado”, explica.

Nas visitas às propriedades dos participantes, eles são levados a elaborar o “planejamento estratégico” de suas vidas e negócios rurais. “Indo às fazendas, conseguimos traçar as questões reais dos empresários e fazer com que eles cheguem ao final do curso com planejamento estratégico para os próximos cinco anos pronto e elaborado. Tratamos os valores cultivados por esses participantes há anos, e toda família também acaba se envolvendo.” Sucessão familiar e sustentabilidade também são assuntos tratados no curso. Com a evasão dos jovens para a cidade, é preciso que haja um plano de quem vai dar andamento nas mudanças e conquistas das empresas rurais.

O pecuarista Afonso Rodrigues foi convidado a participar e já no início sabe que mudanças deverão ser implantadas na propriedade. “Eu achei uma boa oportunidade para aprender a comandar e fazer as coisas do jeito certo, para ter lucro. Acredito que terei que fazer poucas alterações na propriedade e já neste começo achei tudo muito interessante”, disse Afonso.

Já José Geraldo Ferreira, produtor rural, não suporta mais ver o seu patrimônio sem produzir. “Estou tentando reerguer minha propriedade, otimizá-la para que ela seja autossustentável. Como já conheço o trabalho do Senar Minas, sei o quanto os cursos são bons. Agora espero ter um planejamento para seguir uma meta de sucesso no meu negócio; esse curso veio na hora certinha.”

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink