Produtos orgânicos: No semestre, exportação do setor atinge US$ 29 mi
CI
Agronegócio

Produtos orgânicos: No semestre, exportação do setor atinge US$ 29 mi

O resultado é fruto, entre outros fatores, da intensificação dos trabalhos de divulgação internacional
Por:

O resultado é fruto, entre outros fatores, da intensificação dos trabalhos de divulgação internacional

A comercialização de produtos orgânicos nacionais no mercado externo fechou o primeiro semestre com movimentação financeira recorde de US$ 29 milhões. O dado é do Organics Brasil — projeto desenvolvido pelo Instituto de Promoção do Desenvolvimento (IPD), FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que obteve um crescimento de 40% no número de empresas associadas, que já chegam a 61. Dessas, três estão no Estado do Ceará.

De acordo com Ming Liu, coordenador executivo do Organics Brasil, o resultado é fruto da intensificação dos trabalhos de divulgação internacional, da presença nas principais feiras mundiais, do desenvolvimento de uma comunicação visual global. Ele aponta também a conscientização de toda cadeia — produtiva e consumidora do mercado mundial — quanto à importância da responsabilidade sócioambiental dos produtos brasileiros.

´Iniciamos o ano com a regulamentação da agricultura orgânica, trazendo credibilidade do mercado internacional e o início da organização do setor. De lá para cá participamos de diversas feiras internacionais, palestras e visitas de prospecção´, destaca Liu.

Ele comenta que o aumento da variedade de produtos nacionais certificados também teve relevância nos números do Organics Brasil. ´A princípio os orgânicos brasileiros conhecidos internacionalmente eram os vegetais e as frutas. Atualmente, temos empresas associadas que, além das commodities, produzem cosméticos, roupas, cachaça, insumos e até carvão. Todas vendem no mercado externo e ganham cada dia mais espaço´.

Ming Liu vê com otimismo as oportunidades de negócios e prevê que as empresas associadas movimentem cerca de US$ 40 milhões, em ambos os mercados (interno e externo). ´Os produtores nacionais têm muito que crescer nesse mercado. No próximo semestre, participaremos de outros eventos internacionais. Em outubro, acontece em São Paulo a Biofach América Latina, principal feira do segmento para as Américas Central e do Sul. Traremos, durante os dias de feira, 12 compradores internacionais da Ásia, Europa e Estados Unidos para conhecer nossos produtos´, comentou. No ano passado, o Organics Brasil trouxe cinco compradores globais da maior rede de orgânicos e naturais dos Estados Unidos, a Whole Foods.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.