Projeto pioneiro colhe arroz sem defensivos
CI
Imagem: Divulgação/UFSM
NA UNIVERSIDADE

Projeto pioneiro colhe arroz sem defensivos

O arroz produzido em escala, de maneira convencional, apresenta ótima qualidade
Por: -Eliza Maliszewski

O projeto de pesquisa intitulado “Arroz sem uso de defensivos” está em andamento há cerca de cinco anos e é pioneiro nos cursos de Agronomia no Brasil. É desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa em Arroz Irrigado (GPAI) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul.

Na última semana ocorreu mais uma colheita de arroz. Foi observado um aumento de produtividade, com produção de 4 mil quilos. O resultado foi obtido com mudança nas fontes de fertilizantes usadas no cultivo.

A iniciativa produz arroz sem uso de defensivos e busca pesquisar alternativas tecnológicas, especialmente para viabilizar que pequenos produtores rurais possam agregar valor ao seu produto. Como forma de incentivo o grão foi embalado e foi comercializado na PoliFeira do Agricultor do município.“Decidimos embalar o arroz produzido nos experimentos como forma de avaliar a reação do mercado ao produto e estimular que outros produtores e técnicos possam validar a proposta e, assim, avançarmos em novos nichos de mercado”, destaca o coordenador do projeto, Enio Marchesan.

Segundo ele o arroz produzido em escala, de maneira convencional, apresenta ótima qualidade, sendo esta proposta, que continua em avaliação, complementar na cadeia de produção de arroz irrigado.

Para os pequenos agricultores, que encontram dificuldade em disputar espaço no mercado convencional, na produção em larga escala e/ou para o sistema de commodities, esta é uma oportunidade para ocupar outro nicho de mercado. Já para os consumidores, é uma alternativa para ter uma alimentação mais saudável e socialmente responsável no dia a dia, já que o arroz é um dos alimentos mais populares no prato dos brasileiros.  
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink