Projeto prevê aumento de produtividade leiteira no Paraná
CI
Agronegócio

Projeto prevê aumento de produtividade leiteira no Paraná

A melhoria envolverá animais geneticamente melhorados criados no banco de matrizes
Por:

O secretário estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Tércio Albuquerque, entregou para a Ministra Márcia Lopes (MDS), projeto que prevê o melhoramento genético do rebanho leiteiro dos assentamentos e pré assentamentos da reforma agrária. São 15 mil famílias que podem ser beneficiadas.

Segundo Tércio Albuquerque, produção leiteira é hoje uma das principais atividades econômicas, geradora de renda destas famílias. “Elas possuem um rebanho para produzir leite mas, na grande maioria, com baixa aptidão. As famílias não possuem condições econômicas de aquisição de animais geneticamente adequados para produção leiteira”, afirma.

A melhoria envolverá animais geneticamente melhorados que serão criados no banco de matrizes. Depois serão repassados para famílias assentadas e pré assentadas, que continuarão a reprodução e criação. “O objetivo é aumentar a produtividade leiteira destas famílias e aumentar a produção local, possibilitando a agroindustrialização e comercialização de forma cooperada. A geração de emprego e renda é uma das prioridades deste Governo Pessuti”.

A ideia é que o Projeto “Soberania Alimentar, Geração de Renda, Trabalho e Inclusão Social de 15 mil Famílias da Reforma Agrária do Paraná”, seja implantado em nove locais. Os municípios são Peabiru, Terra Rica, Renascença, Jardim Alegre, Lapa, Cascavel, Honório Serpa, Cantagalo e Londrina.

O projeto é uma parceria entre a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social e a Cooperativa Central de reforma Agrária do Paraná Ltda (CCA-PR). Agora será estudado para viabilização pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink