Projetos socioprodutivos transformam realidade de famílias rurais em São Miguel das Missões

Imagem: Pixabay

Agronegócio

Projetos socioprodutivos transformam realidade de famílias rurais em São Miguel das Missões

Famílias do meio rural de estão implantando projetos socioprodutivos que têm transformado suas realidades
Por:
634 acessos

Famílias do meio rural de São Miguel das Missões, inseridas no Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, resultado do Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Cidadania e a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), estão implantando projetos socioprodutivos que têm transformado suas realidades, com inclusão social e produtiva, soberania e segurança alimentar, assim como oportunidades de geração de renda. Atualmente, sete famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica recebem o assessoramento continuado e gratuito da Emater/RS-Ascar, responsável por operacionalizar o Programa.

As famílias beneficiárias em São Miguel das Missões foram visitadas pelos extensionistas da Emater/RS Ascar para diagnóstico da situação social e econômica e posterior elaboração de projeto socioprodutivo, que possa contribuir com a melhoria das condições de vida. A viabilização do projeto passou por capacitações técnicas e sociais e orientações, com o envolvimento dos técnicos do Escritório da Emater/RS-Ascar, além da liberação do recurso no valor de R$ 2.400,00 por família, para implementação do projeto. O valor é pago em duas parcelas, com a devida prestação de contas dos investimentos realizados nas propriedades.

Raquel da Silva Sinn, moradora da Esquina Ezequiel, é uma das beneficiárias com resultados interessantes, acompanhados e apresentados à equipe da Emater/RS-Ascar. Os recursos do programa foram aplicados na construção de uma horta e na aquisição de frangos de corte e de postura e de uma vaca de leite. Desde janeiro de 2020, percebeu a melhoria na produção de alimentos para autoconsumo, além do incremento da renda da família, com a venda do excedente. Participar deste programa foi mais que especial para nós, porque a horta veio na hora certa. Também tínhamos o sonho de criar galinhas poedeiras e galinhas brancas e comprarmos uma vaca, mas não tínhamos condições, relata Raquel, ao destacar o incentivo a capacitações técnicas e sociais e a liberação do recurso, que possibilitou colocar o antigo anseio em prática.

Hoje, o leite consumido pela família de Raquel, que tem dois filhos, é produzido na propriedade. Com a aquisição da vaca, é possível produzir também queijo, doce de leite e outros derivados para consumo próprio. Estamos muito felizes e realizados com tudo isso. Hoje não precisamos mais comprar leite para nossos filhos e isso aconteceu com a ajuda do projeto produtivo do Programa Fomento. Agradeço a Deus e à Emater de São Miguel das Missões pelo apoio que nos deram e pelas palavras de incentivo, acrescenta a produtora.

A extensionista social Fátima Zink Primaz revela que é com muita alegria que a equipe da Emater/RS-Ascar acompanha esses resultados, que mostram como a aplicação correta dos recursos e o assessoramento técnico e social pode melhorar a qualidade de vida de famílias em situação de vulnerabilidade, com a aplicação de políticas públicas que fazem a diferença também em aspectos como geração de renda e dignidade.

A atual fase do programa foi desencadeada em 2019 na região de Santa Rosa, onde 111 famílias recebem o acompanhamento da Emater/RS-Ascar. Para serem beneficiadas, as famílias devem atender a critérios, no momento de ingresso no Programa, como estarem inscritas no CAD Único, possuir renda mensal per capita de até R$ 89,00 e encaminhar a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink