Leite

Promilk quer mais prazo para iniciar pagamento de leite para produtores

A Promilk alega que não consegue quitar débitos, neste momento
Por: -Jonas Vieira
51 acessos

O planejamento da indústria Promilk, do município de Estrela, de pagar a primeira parcela da dívida com credores neste final de ano pode não se concretizar. A indústria, que está em recuperação judicial, pediu na Justiça a convocação de assembleia dos credores para aditivo a fim de pagar a primeira parte da dívida daqui a 12 meses.

A Promilk alega que não consegue quitar débitos, neste momento. Além disso, a indústria quer vender a unidade existente no município de Rondinha e o patrimônio em Estrela, para pagar débitos com bancos e produtores de leite. Se não ocorrer a venda desses patrimônios, pode ser decretada falência da Promilk.

A princípio, a assembleia está marcada para quarta-feira, no município de Estrela. Há cerca de dois anos em recuperação judicial, a Promilk deve para cerca de 240 produtores de leite de Ijuí, Bozano e Coronel Barros, com montante aproximado de 1 milhão e 200 mil reais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink