Provarroz promove atividades com alunos da Fadergs
CI
Arroz

Provarroz promove atividades com alunos da Fadergs

Irga através do Provarroz, conduziu atividades com arroz e coprodutos do cereal
Por:

A nutricionista do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Carolina Pitta, através do Programa de Valorização do Arroz (Provarroz), conduziu atividades com arroz e coprodutos do cereal, na última quarta-feira (19), na Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Fadergs). Carolina ministrou a palestra “Os benefícios do consumo de arroz para a saúde” e a oficina “Receitas com farinha de arroz” para 15 alunos da disciplina de Técnica Dietética do curso de Nutrição da instituição.

A palestra objetiva disseminar informações e sanar dúvidas sobre as propriedades do arroz e seus derivados. A origem e história do grão, o consumo atual e suas variedades também são assuntos abordados pela nutricionista.

Após a teoria ministrada por Carolina em sala de aula, os estudantes foram direcionados para o laboratório aonde Carolina conduziu a oficina com processos práticos. Foram preparadas três receitas pelos acadêmicos com orientação da nutricionista da autarquia e supervisão da professora do curso Samantha Peixoto Silva. Torta musse de maçã, macarrão vegetariano e o tradicional bolo de laranja à base de farinha de arroz foram elaborados.

“Através do Provarroz os alunos podem conhecer a versatilidade desse alimento e a importância que o arroz representa para a saúde da população. O estudante de nutrição deve estar familiarizado com esse alimento e se conscientizar de todos os seus benefícios e possibilidades nas preparações”, sinaliza Samantha.

A nutricionista do Irga informa que o objeto de trabalho do profissional de Nutrição é o alimento e reforça a necessidade de estar em constante estudo sobre a área.

“Sempre quando ministro as atividades do Provarroz em universidades e faculdades procuro mostrar para os alunos a importância de conhecer os alimentos mais a fundo. Não apenas na teoria, mas também na prática, é fundamental provar os alimentos. Por exemplo, o arroz tem mais de cinco mil variedades, quanto mais o nutricionista souber, melhor poderá orientar seus clientes. Busco apresentar os benefícios do cereal e seus coprodutos nesse sentido para que quando forem aturar como profissionais da nutrição possam orientar e indicar o tipo de variedade mais adequada para cada situação fisiológica”, aconselha Carolina.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.