Qualidade do trigo gaúcho é 80% excelente
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)

Imagem: Pixabay

CEREAIS

Qualidade do trigo gaúcho é 80% excelente

“Não há neste momento, registro de acamamento"
Por: -Leonardo Gottems
527 acessos

Um relatório preliminar sobre as condições do trigo gaúcho relatam que 80% das áreas estão excelentes, 17% médias e 3% ruins, aqui incluídas as áreas que sofreram erosão por chuvas, granizos,etc. Foi isso que afirmou a T&F Consultoria Agroeconômica. 

“Não há neste momento, registro de acamamento, primeiro, porque o porte do trigo é baixo e não tem peso de grão ainda; segundo, porque não houve vento para acamar em lugar algum”, comenta. 

Na Argentina, um intenso frio atinge o país e começa a causar danos no encerramento do plantio. “Com o plantio da nova safra de trigo argentino deste ano apenas concluído, geadas intensas já afetam o potencial de rendimento, alertou nesta quinta-feira a atualização semanal da Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA)”, diz a T&F. 

"As geadas registradas durante o fim de semana causaram danos aos plantios mais avançados do centro e norte da área agrícola, reduzindo as expectativas de rendimento", observa a BCBA, com algumas áreas previstas para ter perdas de até 50% da safra potencia 

“O desenvolvimento ocorreu após os agricultores encerrarem a atividade final de plantio, completando os últimos hectares em destaque na área esperada de 6,5 milhões de ha. No entanto, "geadas frequentes e intensas" estão se combinando com a falta de água nas regiões afetadas para "gerar danos irreversíveis às plantas mais desenvolvidas", com temperaturas caindo até menos 8 graus Celsius”, informa a consultoria. 

Além disso, a demora para entregas de produtos paraguaios no Brasil aumentou excessivamente desde março último. “Neste ano a venda de soja paraguaia para o Brasil passou de 84.000 toneladas para 490 mil toneladas, até julho. Toda esta soja está sendo carregada de muito longo para dentro do Paraguai, tirando caminhões antes destinados ao trigo e ao milho”, conclui. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink