Queda na demanda de carne interrompe alta
CI
Agronegócio

Queda na demanda de carne interrompe alta

O recuo interrompeu a seqüência de altas que ocorria desde o início do ano
Por: -Giuliano

O recuo dos frigoríficos nos últimos dias interrompeu a seqüência de altas do indicador que ocorria desde o início do ano. O indicador do boi gordo Esalq/BM&F fechou a R$ 56,23 na quarta (14-03), com desvalorização de 0,21% se comparado à quarta passada (07-03). Desde a última semana de fevereiro, os preços do boi em São Paulo seguem no intervalo de R$ 56,00 a R$ 57,32 a prazo para descontar 2,3% do CESSR.

O recuo de alguns produtores vem da expectativa de novas altas, baseada nas curtas escalas de abate – por volta de seis dias em São Paulo. Já compradores de boi acreditam que os preços possam recuar, uma vez que as vendas da carne no atacado da grande São Paulo estão baixas. Frigoríficos ressaltam a dificuldade de repassar os aumentos do boi para a carne. As informações são do Cepea/Esalq.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink