Quedas expressivas da soja chegam a R$ 4,00
CI
Imagem: Marcel Oliveira
COTAÇÕES

Quedas expressivas da soja chegam a R$ 4,00

Paraná teve altas maiores e quedas igualmente
Por: -Leonardo Gottems

O início da semana foi de queda acentuada nos preços da soja no Rio Grande do Sul, com baixas de até R$ 4,00 no interior do estado, segundo a TF Agroeconômica. “Para porto a queda foi de 1,49%, valor equivalente a R$ 2,00/saca, fazendo com que a região perdesse terreno da casa dos R$ 200,00, indo a R$ 198,00. No interior, após sexta-feira que permaneceu parada, os preços voltaram a recuar fortemente, em especial em Cruz Alta e Santa Rosa que decaíram R$ 4,00/saca, indo de R$ 199,00 a R$ 195,00. As regiões de Ijuí e Passo Fundo decaíram em 1,52%, valor equivalente a R$ 3,00/saca, indo a R$ 195,00. Ademais foi um dia bem negativo para o mercado, não houve vendas expressivas”, comenta.

Em Santa Catarina a soja segue caindo e recua mais 1,28%. “Santa Catarina, no dia de hoje seguiu dando continuidade às quedas de sexta-feira, mas, com um pouco menos de força. Segundo informações da Região, compradores de Joaçaba estão esticando suas pedidas e priorizando entregas em julho. Apesar disso ainda encaixam uma coisa ou outra para maio, aos níveis de 193,00. O comprador que já está bem suprido para maio não vai querer saber de negócios agora e, se o produtor precisar efetuar vendas, vai ter que baixar bastante os preços, por isso o mercado segue bastante lento”, completa.

Da mesma forma que no período de altas o Paraná era o mais consistente dos estados sulistas, agora em momentos de baixa perde valor da mesma forma. “O interior marcou quedas mais profundas do que o porto, mas o clima esquentou e deve permitir a continuação da colheita. Cascavel e Maringá foram a -2,21%, valor equivalente R$ 4,00/saca indo a R$ 177,00. Pato Branco marcou perdas de mesmo nível, mas seguiu R$ 1,00/saca abaixo das outras. Ponta Grossa, por outro lado, marcou as perdas mais amenas do dia, permanecendo a R$ 189,00 após dedução de R$ 1,00/saca”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.