R$ 115 milhões em crédito a agricultores do CE
CI
Agronegócio

R$ 115 milhões em crédito a agricultores do CE

O montante representa um acréscimo de aproximadamente 20% em relação a 2011
Por:
O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) disponibilizará oferta de crédito de R$ 115 milhões para agricultores familiares que possuem renda bruta anual de até R$ 6 mil no Ceará no próximo ano. O montante representa um acréscimo de aproximadamente 20% em relação a 2011. Já no cenário nacional, a cifra é de R$ 700 milhões e 700 mil produtores no Nordeste hoje têm empréstimo do banco.


Os recursos são provenientes do microcrédito rural, o Agroamigo. Em 2012, os encaminhamentos para o programa serão fortalecer a assistência técnica, priorizar o gênero feminino nas ações e o acesso aos programas de comercialização do governo federal.

As informações foram repassadas pelo presidente do BNB, Jurandir Santiago, e pelo superintendente de agricultura familiar do BNB, Luis Sérgio Machado. De acordo com Santiago, a mulher quando adquire um empréstimo, tem um cuidado maior na gestão dos recursos.

Para o superintendente do Banco no Ceará, Rivônio Pinho, a meta divulgada não especifica o investimento. “A demanda é que vai sinalizar para a administração do banco um esforço maior para aplicar mais recurso”, projeta o superintendente do Ceará, Rivônio Pinho. No ano de 2011, o banco alcançou a marca de 45 mil clientes.


Projeções
Entre as ações, Luis Machado faz questão de ressaltar o peso maior para a atenção às mulheres. De acordo com ele, a inadimplência dos clientes é de apenas 2% e as mulheres chegam a dominar 48% do montante de credores. Em 2012, expectativa é que a porcentagem feche em 50%.

“Quando o agricultor produzir, ele vai poder vender para prefeituras. Nós vamos também abrir uma conta corrente de forma gratuita e eles terão acesso a um cartão para poder sacar os recursos oriundos do seu financiamento, além de ter a possibilidade de ser conta poupança”, pontua Luis Machado.

Desde 2008, a agricultora Lorena Lee faz parte dos trabalhadores rurais que solicitaram empréstimo ao BNB. Para cultivar as hortaliças, ela tem um crédito de até R$ 2.500 por operação, mas critica o limite. “É muito pouco, mas ajuda. Poderia ser R$ 5 mil”, sugere. Ela comenta também sobre a falta de espaço para vender os produtos aos órgãos públicos, atualmente vende apenas para os mercadinhos do município de Pacatuba. Em seis anos, o banco teve R$ 2,2 bilhões em créditos concedidos.


Agroamigo
O Agroamigo é o Programa de Microcrédito Rural do Banco do Nordeste, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que visa à concessão de financiamento para a área rural, com metodologias próprias de atendimento, cujas premissas são crédito orientado e acompanhado.

O programa iniciou em 2004 com a implantação de projeto-piloto nas agências de Floriano (PI) e Oeiras (PI). Na posição de maio/2008, o Agroamigo já está presente em 162 agências do Banco, atendendo a 1.077 municípios do Nordeste brasileiro, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, com a atuação de 491 assessores de microcrédito rural.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

Este ano foi estabelecido que dia 15 de dezembro será marcado pela comemoração do dia do Microempreendedor rural. Ontem em todos os estados do Nordeste e na cidade de Montes Claros (MG) houve a realização de eventos que lembravam a importância da data.



SERVIÇO

Dia do microempreendedor rural
Quando: 15 de novembro
Onde: Banco do Nordeste (BNB)
Outras informações: www.bnb.gov.br

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.