Relatório do USDA traz otimismo para valor do trigo? no longo prazo
CI
Agronegócio

Relatório do USDA traz otimismo para valor do trigo? no longo prazo

Avalia Luiz Pacheco, consultor e editor do boletim Trigo & Farinhas
Por: -Leonardo Gottems

A avaliação de Luiz Pacheco, consultor e editor do boletim Trigo & Farinhas, é de que o relatório do USDA trouxe melhores perspectiva para o valor do trigo no longo prazo. A explicação dele é que os estoques são similares aqueles no mesmo período do ano passado - 28,7 milhões de toneladas, contra 27,1 milhões de toneladas. O mercado esperava um volume disponível menor, de 26,9 milhões de toneladas, diz o
Blog AgroSouth News.

Por outro lado, Pacheco diz que a perspectiva de longo prazo é altista, porque os números de USDA referente ao plantio nos EUA estão em 5,5 milhões de acres, o que é 2,48% menor que na temporada passada, enquanto o mercado tinha em mente um número 0,83% inferior. "O mercado brasileiro vai reagir a partir das importações de trigo. Se os preços no Golfo do México não aumentarem, os preços no Rio Grande do Sul também não aumentarão", explicou Pacheco.


No Rio Grande do Sul, ainda existem um milhão de toneladas a serem comercializadas da safra passada, segundo a Farsul (Federação de Agricultura do RS). Produtores agora aguardam valores melhores para vender os grãos remanescentes. O preço da saca está em R$ 40. 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink