Agronegócio

Remuneração para o sojicultor ainda precisa melhorar

Os valores permitirão aos agricultores ao menos empatar os resultados com as despesas
Por: -Redação
1 acessos

O gerente de produção da Fazenda Tropical, João Paulo Ribeiro, diz que está esperançoso em função da melhora nos preços internacionais da soja. Contudo, ele considera que a remuneração ao produtor ainda precisa melhorar. “Há cerca de 10 dias a saca da soja de balcão estava cotada a cerca de R$ 28”, lembra. Na sexta-feira (12), último dia de expediente na Bolsa de Chicago –uma vez que ontem foi feriado nos Estados Unidos- a soja para janeiro fechou em US$ 7,05 por bushel (padrão de medida norte-americano equivalente a 27,2154 quilos).

Isto significa que a saca de soja está sendo vendida a US$ 15,54. Na conversão para a moeda brasileira, isto significa R$ 33,25 por saca. Para março a saca de soja está sendo negociada a US$ 7,20/bushel, ou seja, R$ 33,96. De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Rondonópolis, Ricardo Tomczyk, os valores permitirão aos agricultores ao menos empatar os resultados com as despesas, sem lucro. “Os preços não estão tão bons como se fala. Melhorou, mas não resolve”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink