Reposição e boi gordo em queda no Mato Grosso do Sul
CI
Agronegócio

Reposição e boi gordo em queda no Mato Grosso do Sul

O boi gordo recuou 10,2% neste período, cotado em R$84,33/@
Por:
Por Jéssyca Guerra

Nos últimos treze meses o Mato Grosso do Sul foi um dos estados que teve maior desvalorização das categorias de reposição, atrás apenas de Goiás e São Paulo.

As desvalorizações variaram de 4,1% para o bezerro de ano, cotado em R$740,00/cabeça, a 9,6% para o boi magro, cotado em R$1.050,00/cabeça.

O boi gordo recuou 10,2% neste período, cotado em R$84,33/@ (média do estado).

Desde janeiro a maior desvalorização ocorreu para o garrote, 6,4%, cotado em R$870,00/cabeça.

A relação de troca com o boi gordo que mais recuou nos últimos treze meses foi a do bezerro de doze meses, 5,2%. Compra-se, atualmente, 1,92 bezerro de doze meses com a venda de um boi gordo de 16,5@.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink