Revendas de agrotóxicos suspensas no RS

Agronegócio

Revendas de agrotóxicos suspensas no RS

Seapa suspende empresas que não protocolaram pedido de renovação de licenças operacionais para obter registro de venda
Por:
3892 acessos

A Secretaria da Agricultura (Seapa) começou nesta segunda-feira (6) a suspender empresas que comercializam agrotóxicos no RS e não protocolaram pedido de renovação das licenças operacionais para obter registro de venda. O gerente da Divisão de Defesa Vegetal da Seapa, José Motta, estima que, das 1,2 mil empresas, 220 terão o registro suspenso e serão notificadas esta semana. As revendas deveriam ter solicitado até o dia 31 de maio a renovação ou obtenção de licença na Fepam para depois regularizar o registro na Seapa. Após notificação, as empresas terão 60 dias para devolver os produtos aos fornecedores. A portaria 92, publicada ontem no Diário Oficial, estabelece que as companhias suspensas têm o prazo de um ano para regularizar a situação. Caso contrário, o registro será cancelado. Para as que protocolaram o pedido, fica válido o registro temporário de venda até que o órgão ambiental dê seu parecer. Entre as exigências, estão questões ligadas à segurança de instalações para estoque e comercialização e convênio para recolhimento das embalagens.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink