Rio Rural implanta projeto de conscientização ambiental

Agronegócio

Rio Rural implanta projeto de conscientização ambiental

Alunos farão o levantamento dos problemas ambientais nas áreas do projeto, ajudando a conscientizar a população envolvida
Por:
104 acessos

Alunos das escolas do norte e noroeste fluminense localizadas nas microbacias atendidas pelo Programa Rio Rural, da secretaria estadual de Agricultura, começam, neste mês, a participar de projetos para a conscientização ambiental. Os jovens participarão de atividades específicas elaboradas por equipe de professores, técnicos ambientais e agentes comunitários de saúde. Escolas de outras localidades que recebam alunos daquelas comunidades também integrarão o projeto.

Com ações voltadas para a conservação da água, cuidados com embalagens de agrotóxicos, oficinas de reciclagem de resíduos sólidos e caminhadas ecológicas, os alunos farão o levantamento dos problemas ambientais nas áreas do projeto, ajudando a conscientizar a população envolvida.

De acordo com Adriano Martins Lopes, assessor técnico de organização comunitária do Rio Rural, 18 projetos já estão prontos para implantação. Até o final de 2009, mais outros sete serão executados, totalizando 25, nos quais serão aplicados R$ 50 mil.

No segundo semestre de 2008, foram capacitados para trabalhar no projeto 114 profissionais que já atuam nos colégios com a Agenda 21, da secretaria estadual de Educação, que firma o compromisso entre a comunidade escolar e o meio ambiente. Segundo Adriano, a intenção é promover a microbacia como unidade de planejamento, focando o desenvolvimento econômico e social com respeito ao meio ambiente.

– Nosso interesse é que esta equipe possa participar de outras iniciativas nos municípios relacionadas à educação ambiental, tornando-se multiplicadores do conceito. Independente de ações do programa, nosso objetivo é que os parceiros e instituições envolvidas no Rio Rural mantenham-se articulados – afirmou.

Essa integração já foi constatada em alguns locais, no final do ano passado. Os profissionais capacitados auxiliaram os municípios de Varre-Sai e São José de Ubá a se anteciparem na implantação do projeto. Como resultado, Varre-Sai promoveu caminhada de limpeza do Ribeirão Varre-Sai, recolhendo 18 metros cúbicos de lixo.

Já em São José de Ubá, a realização do Dia de Conscientização sobre a Coleta de Embalagens de Agrotóxicos e Lixos em Geral recolheu um caminhão de lixo e de embalagens vazias de agrotóxicos. Organizaram, ainda, uma campanha de combate à dengue.

No município de Miracema, onde o projeto ainda será implantado, a população se articulou e comemorou o Dia Mundial da Água, em 22 de março, com debate sobre as questões globais, envolvendo o assunto e sua relação com a saúde. Outro exemplo é Porciúncula, que tem a intenção de adotar projetos de educação ambiental voltados ao meio rural em todas as suas escolas municipais.

– Isso comprova a adesão dos municípios às propostas da coletividade em favor do meio ambiente – destacou.

Paralelamente ao projeto das escolas, o Rio Rural, em parceria com a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e as secretarias estaduais de Educação e Ambiente, está estruturando equipe pedagógica para desenvolver conteúdos didáticos sobre as questões rurais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink